Realidade é o quê?

A vida adulta, as contas, boletos, stress, "não aguento mais trabalhar", "meu deus, preciso arranjar um trabalho", namoro, morar junto, casar, corre, corre mais, não tá correndo o suficiente, vida non stop me afastaram e me impedem de escrever aqui...

Entretanto, não podia deixar de falar sobre isso, porque embotar esse assunto me faz mal.

Hoje vou escrever um textão corrido porque estou no celular e não vou conseguir linkar músicas ou imagens (me perdoem).

Adicionei naquela rede social dia desses uma amiga de infância que participou ativamente de anos importantes, contei para minha mãe toda alegre e minha mãe fez cara de "... who?!". Ela simplesmente não fazia ideia de quem eu estava falando e eu fiquei muito apreensiva, pensando que talvez isso fosse sinal da idade chegando...

Ontem, encontrei uma outra grande amiga, estávamos falando do q se deu das pessoas ao longo desses 20 e tantos anos, e de repente, ela não lembrava de boa parte das histórias e das pessoas... Me senti aliviada por perceber que minha mãe não tem nada errado, mas não entendi porque essas lembranças me são tão vivas...

Hoje, falando para o marido tocar uma música do Robbie Williams que estava em minha cabeça, ouvi dele que ele nunca havia ouvido aquela música ("She's Madonna", corre lá, dá play e volta aqui). Eu fiquei emputecida e falei muito rispidamente: "Como não?! Vc sabe que eu detesto Robbie Williams, e a última vez que ouvi essa música foi porque vc passou a semana inteira cantando!" E ele insistiu que nunca tinha ouvido.

Falei para ele do quanto é difícil ter essa memória, porque todos esquecem o que viveu, menos eu, então é como se as coisas nunca tivessem acontecido, só aconteceram para mim... só aconteceram dentro da minha cabeça...

Tenho, desde criança, uma teoria de que na verdade, eu estou em coma, semi morta, e todas as coisas realmente são apenas criação minha (explicaria MUITA coisa da minha vida)... Eu tenho tentado viver fora da minha cabeça há algum tempo, mas não é menos doloroso. O que é realidade, se as lembranças são em sua esmagadora maioria, uma criação da mente?

As coisas que eu lembro tão nitidamente são o que? O que difere o meu cérebro do das outras pessoas? Tem mais alguém aí fora que sofra disso também?! É assustador...

Realidade é o reflexo do que lembramos, ou é o resultado do que vivemos independente de lembrarmos ou não?! É onde acordamos hoje, ou é o caminho que nos trouxe aqui? Realidade é o acaso? Aquele, que se esconde...?

Se vivemos dentro de nossas próprias mentes, por quê insistimos em padronizar e uniformizar algo ímpar? Quem pode definir o que é realidade? Quem pode dizer que duas pessoas sintam ou pensem a mesma coisa?

O que é realidade além de um substantivo derivado?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Pesada Estranheza do Ser

Vontade de escrever. Mas o quê, eu não sei